CHOCOLATES

Mulheres querem abrir mais franquias



16.04.2019 - 04:13

 

Um levantamento realizado pelo Guia Franquias de Sucesso, portal especializado em franquias, mostrou que os interessados em abrir franquias de chocolate tem disposição em investir até R$ 50 mil (72,04%). Os investidores que assumem aportes de até R$ 100 mil respondem por 21,19% da base analisada. Já as pessoas com disponibilidade para investir mais de R$ 100 mil representam apenas 6,78%. O interesse por franquias de baixo investimento segue uma tendência geral do mercado de franchising. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o número de modelos de franquias com investimento até R$ 90 mil cresceu 8% em 2018.

Em relação as regiões onde prendem abrir as lojas, Sudeste e sul encabeçam a lista, com destaque para São Paulo (37,59%), Minas Gerais (9,61%), Rio de Janeiro (9,13%), Paraná (7,55%) e Rio Grande do Sul (5,66%). Entre as localidades com menos interessados no segmento de chocolates estão principalmente estados da região Norte: Tocantins (0,31%), Acre (0,08%), Roraima (0,05%) e Amapá (0,04%) que aparecem nas últimas posições da lista.

As mulheres representam mais da metade dos interessados em franquias de chocolate. De acordo com o estudo, 54,4% do total de interessados é do sexo feminino. Comparado com a audiência geral do portal no mesmo período, esse dado é ainda mais significativo. Entre os interessados em franquias no geral, o percentual de mulheres e homens é mais equilibrado: são 49,5% de mulheres versus 50,5% de homens. O estudo mostra ainda um forte interesse por parte do público jovem em franquias de chocolate. Do total de interessados, 50,29% são pessoas com idade entre 18 e 34 anos.