JBS AMBIENTAL

Exportações de capas plásticas devem crescer 91% no semestre



10.03.2017 - 03:04

Unidade especializada em soluções para gestão de resíduos sólidos, a JBS Ambiental aposta nas exportações de capas plásticas para suas unidades de couro na Argentina e Paraguai para ampliar os negócios neste ano.    No segundo semestre de 2016 foram exportadas 5,5 toneladas de capas plásticas para os dois países. A expectativa é que as vendas externas nos seis primeiros meses de 2017 sejam 91% superiores em relação ao último semestre. A unidade da JBS Couros no Uruguai será a próxima a aderir ao sistema, que deve receber cerca de cinco toneladas de capas plásticas até junho deste ano. “Além da utilização de sacos de lixo e sacos plásticos reciclados em todas as operações da companhia no Brasil, também enviamos as capas plásticas para o negócio de processamento de couros. O material protege as peças durante o processo de produção e de comercialização, além de evitar contaminações e possíveis danos no processo de transporte como, por exemplo, por interferências climáticas”, explica Andressa de Mello, diretora da JBS Ambiental.   A JBS Ambiental tem como um dos principais focos o chamado Ciclo Fechado, um processo que permite que os resíduos reciclados sejam inseridos novamente dentro da empresa na forma de outras matérias-primas ou produtos, e que se traduz em um importante ganho de eficiência econômica e sustentável. Além dos sacos e materiais plásticos reciclados, a unidade de negócios também produz produtos plásticos de material virgem para embalagens de alimentos e resinas plásticas recicladas, que são utilizadas em outros processos.