EQUIPAMENTOS

Conversor da Danfoss atende cliente da Ariete



20.10.2017 - 02:33

Com uma unidade fabril própria de 20 mil m² no bairro paulistano de Itaquera, a Ariete fabrica equipamentos para a produção de biscoitos, massas e panificação industrial. Para atender o projeto de uma fábrica de biscoitos no Rio Grande do Sul a empresa recorreu ao conversor de frequência VLT® Midi Drive FC 280, da Danfoss. “Necessitávamos de um produto com maior competitividade, o que conseguimos com o lançamento do FC 280, que conta com funções de safety e comunicação em rede Ethernet. Obtivemos uma solução técnica melhor que a anterior e mantivemos a competitividade em nossas máquinas”, comenta Marcos Rio, gerente técnico da Ariete.

O equipamento da Danfoss é indicado para controle preciso e eficiente de motor para fabricantes de máquinas das indústrias de alimentos e bebidas, além de manuseio de materiais e processamento. O conversor de frequência conta com elevado desempenho de controle, segurança funcional e comunicação fieldbus flexível. “A combinação certa de recursos garante que o conversor de frequência se adapte às diferentes aplicações, seja para sistemas de transportadores, misturadores e sistemas de embalagem, ventiladores e compressores”, explica Fagner Trevisan, engenheiro de vendas da Danfoss.

O gerente técnico da Ariete, Marcos Rio, comenta que o conversor gerou benefícios, como instalação e setup fáceis e rápidos e economia de custos, graças às funcionalidades integradas. Além disso, não há necessidade de instalar equipamentos de refrigeração extras ou superdimensionar o drive, pois o conversor de frequência FC 280 é projetado para operar de 45°C a 50°C de temperatura ambiente em carga plena e em 55°C com derating.

Com conectores plugáveis (potência de até 7,5 kW), bobinas CC, filtro RFI e sistema de segurança Safe Toque Off  (STO) totalmente integrados, o conversor de frequência é compacto e de fácil manuseio. O equipamento conta ainda com filtros de harmônicos incorporados e não há necessidade de um reator externo, o que gera aumento da eficiência e reduz o número de acessório, além de diminuir o tempo de montagem em um menor espaço no painel elétrico.