SUPERMERCADOS

Vendas dos supermercados acumulam alta



29.05.2009 - 04:03

As vendas reais do setor supermercadista em abril de 2009 subiram 16,93%, em relação ao mesmo mês de 2008, de acordo com o Índice Nacional de Vendas, divulgado mensalmente pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em comparação a março de 2009, houve alta de 6,69%. No acumulado do primeiro quadrimestre do ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, a alta é de 5,70%. Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA do IBGE.

"Conforme esperado, o mês de abril apresentou uma alta acentuada, por causa do fator calendário. Em 2008, a Páscoa, segunda melhor data para os supermercados, foi comemorada em março. Esse bom resultado mostra a retomada de um faturamento em um patamar mais alto, com o acumulado no ano fechando acima de 5%. Mesmo crescendo em ritmo inferior ao do ano passado, quando o acumulado estava acima de 7,5%, trata-se de um ótimo desempenho, levando-se em conta o cenário econômico mundial", explica o presidente da Abras, Sussumu Honda.

De acordo com o Índice de Volume, pesquisado pela Nielsen para a Abras, o setor supermercadista brasileiros apresentou um aumento de vendas em volume de 0,7% no primeiro quadrimestre do ano, em comparação ao mesmo período de 2008 (quando as vendas em volume aumentaram 0,3%).

A cesta de bebidas alcoólicas manteve a trajetória de alta, tendo vendido 5,9% a mais em volume no período. Bebidas não alcoólicas (3,8%), limpeza (1,3%) e perecíveis (2%) também foram cestas que venderam mais. As cestas que caíram foram: higiene, saúde e beleza (-2,9%), mercearia doce (-0,7%) e mercearia salgada (-1,9%).

Em relação a produtos, o destaque fica com cerveja (7,7%), refrigerante alcoólico (6,9%), suco pronto para consumo (10,1%) e bebida energética (74,8%). Na cesta de perecíveis, as principais altas foram em iogurte (9,4%), sorvete (10,1%) e leite fermentado (13,1%).

Em abril, o AbrasMercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK, apresentou alta de 0,4%, em relação ao mês anterior. Já na comparação com abril de 2008, o AbrasMercado apresentou alta de 8,60%, passando de R$ 238,29 para R$ 258,78. Os produtos com as maiores altas foram: batata, com 18,75%; açúcar, com 5,12%; e leite longa vida, com 3,82%. Já os produtos com as maiores quedas foram: feijão, com  -11,15%; cebola, com -5,36%; e queijo mussarela, com -3,80%.