CAFÉ

Vendas da Café do Centro crescem 30% até agosto



21.09.2009 - 03:21

A torrefadora de grãos gourmet e especiais Café do Centro registrou crescimento de 30% nas vendas dos oito primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período de 2008. Segundo a empresa, entre os fatores que contribuíram para o bom desempenho estão mudanças nos hábitos de consumo do café gourmet e a disponibilidade do grão de melhor qualidade em locais como padarias, restaurantes, escritórios e hotéis. Este segundo fator fez o mercado interno se expandir, de acordo com a Café do Centro.

Antes visto apenas como um nicho a ser explorado, o segmento de café gourmet consolidou-se uma tendência que veio para ficar. O mercado de gourmet representa hoje 5% do consumo nacional de grãos e, segundo índices nacionais, cresce em média de 15 a 20% ao ano, segundo a ABIC – Associação Brasileira das Indústrias de Café.

Rodrigo Branco Peres, um dos diretores do Café do Centro, revela que diferentemente do que aconteceu no mercado norte-americano, no ápice da crise o segmento gourmet continuou em ascensão no país. “Com o agravamento do quadro financeiro nos Estados Unidos, os consumidores mudaram os hábitos e deixaram de tomar café fora de casa. Já no Brasil isto não aconteceu, e a demanda especialmente no mercado interno aumentou junto com o acesso ao café gourmet”, acrescenta o diretor.

O Café do Centro atua na torrefação de grãos gourmet de origem 100% arábica. As vendas do segmento equivalem a mais de 450 mil xícaras/dia.