ALIMENTOS

Nestlé investe em mercado de produtos populares



26.10.2009 - 04:50

A Nestlé, companhia que fatura quase US$ 100 bilhões por ano, tem cerca de 400 fábricas e 280 mil funcionários no mundo todo, diz que vai aproveitar a crise para investir cada vez mais no mercado de produtos populares.

Segundo o presidente executivo da companhia, Paul Bulcke: “A relação de preço/valor do produto está mais aguda e isso vai ficar”. Ainda segundo ele, o consumidor ficou mais sensível a esta relação e que não paga mais caro se o produto não for comprovadamente melhor.

Para se encaixar neste novo perfil de consumidor é que a empresa, além de investir fortemente em marketing, acelerou a introdução dos “produtos populares”, que são mais baratos, também nos países desenvolvidos.

A venda dos produtos, que antes eram destinados apenas ao países emergentes, já cresceu cerca de 12% este ano, chegando aos US$ 7 bilhões nos nove primeiros meses do ano.

Bulcke acha que a crise global não acabou e que ela existe em diferentes níveis em cada país e uma das estratégias da empresa é investir nos mercados emergentes, pois acredita que o consumidor, assim que sente uma melhora na renda, busca alimentos com maior qualidade. Para ele o principal crescimento está no Brasil e na China. A expectativa da empresa é, para cada 1% de alta no PIB mundial, aumentar o dobro.