SUPLEMENTOS

Mercado de alimento funcional movimenta R$ 350 milhões no semestre



04.08.2009 - 10:45

A preocupação com a alimentação e um envelhecimento saudável são os principais fatores que fortalecem a indústria de alimentos funcionais em todo o mundo. Segundo dados da Abenutri – Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais, atualmente o setor movimenta  cerca de R$ 500 milhões por ano. Estima-se que só 5% da população brasileira, perto de 10 milhões de pessoas, consumam algum tipo de suplemento para equilibrar a alimentação.

De acordo com o presidente da Abenutri, o médico nutrólogo Dr. Euclésio Bragança, o Brasil tem um grande potencial de crescimento: “Estimamos que  aproximadamente U$ 120 milhões são gastos apenas por pessoas que viajam e adquirem produtos fora do Brasil, capital que poderia ficar no país se o leque de produtos permitidos fosse maior”, argumenta.

Atualmente, o mercado brasileiro possui 50 empresas regulamentadas e 1.200 pontos de venda. A expectativa é fechar 2009 com incremento de 45% no setor. “Graças aos constantes investimentos na área de pesquisa de novos ingredientes e alimentos com propriedades funcionais, os  suplementos alimentares  estão ganhando mais credibilidade entre os profissionais da área de saúde tanto para auxiliar na terapia quanto como medida preventiva”, acrescenta Bragança. No mundo, a indústria de suplementação movimenta U$ 100 bilhões com crescimento médio de 20% ao ano. “Ainda temos muito a crescer”, finaliza.