BEBIDAS

Fabricantes buscam revigorar as bebidas com pouco gás



06.10.2009 - 11:47

As bebidas com pouco gás se tornaram uma febre entre os consumidores logo após seu lançamento, mas, passado algum tempo, a monotonia dos sabores tem limitado seu crescimento no mercado. Enquanto que em países como México e Reino Unido – que são dois dos maiores mercados mundiais do produto – a bebida se apresenta em uma extensa variedade de sabores, incluindo alguns exóticos como hibisco, no Brasil a versão limão concentra 77% do volume vendido.

A falta de novidades neste segmento resultou em queda nas vendas, que, segundo a Nielsen, tiveram uma redução de 15% em volume e 9,2% em valor no primeiro semestre deste ano.

Por isso, empresas como a Coca-Cola, PepsiCo e Ouro Fino, principais fabricantes das bebidas com pouco gás, o verão 2010 terá muitas novidades em sabores para o segmento. As bebidas continuarão com pouco gás e baixas calorias, mas terão sabores inusitados com a inclusão de diferentes sucos de frutas.

Uma parceria entre a PepsiCo e a AmBev também trará ao mercado um novo produto, a Frutzzz, que será lançada nos sabores uva, laranja e pêssego. Já a Coca-Cola fará o relançamento da Aquarius Fresh, com aromas abacaxi com hortelã, uva e limão em embalagens mais coloridas e chamativas, como nas cores amarelo, roxo e verde-limão. Buscando também seu espaço no mercado, a Ouro Fino lança a Ouro Fino, Fresh, nos sabores Maçã, Tangerina e Limão.

Com a diversificação dos sabores, as empresas fabricantes buscam repetir o crescimento que tiveram nos seus primeiros anos. Segundo pesquisa da Nielsen, em 2007, o segmento vendeu 140,3 milhões de litros, com faturamento de R$ 383,8 milhões. Em 2008, foram vendidos 242,7 milhões e R$ 675,3 milhões.