ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

BioFach e Naturaltech devem receber mais de 20 mil pessoas



24.06.2013 - 04:37

A Bio Brazil Fair/BioFach América Latina – Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia e a Naturaltech – Feira Internacional de Alimentação Saudável, Produtos Naturais e Saúde serão realizadas entre os dias 27 e 30 de junho, na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo. Os eventos são abertos ao público (nos dias 29 e 30) e ambos chegam à sua 9ª edição, representando mercados e públicos-alvo que crescem ano após ano em território nacional.

Na ocasião serão apresentados um mix de produtos orgânicos e naturais, como alimentos, cosméticos, terapias, roupas e acessórios poe 200 expositores. Nas duas feiras, os visitantes poderão realizar compras diretamente dos produtores, processadores e fabricantes. Em uma área de 7 mil m², os organizadores esperam cerca de 22 mil visitantes. As duas feiras são organizadas pela Francal Feiras, com a colaboração da NürnbergMesse e patrocínio do SEBRAE, Itaipu Binacional e Cultivando Água Boa. A Bio Brazil Fair/BioFach tem apoio da IPD Orgânicos e Apex – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos. Já a Naturaltech conta com apoio da ABC Spas - Associação Brasileira de Clínicas e Spas; ABC Farma – Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico; ANFARMAG – Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais; SUFRAMA – Superintendência da Zona Franca de Manaus; Ministério do Desenvolvimento Agrário; Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e Sociedade Vegetariana Brasileira.

Segundo o IPD – Instituto de Promoção do Desenvolvimento, responsável pelo Projeto Organics Brazil, outro parceiro da Bio Brazil Fair | BioFach América Latina, o mercado de produtos orgânicos no Brasil faturou, em 2012, R$ 1,5 bilhão, com a expectativa de, em 2014, atingir os R$ 2 bilhões. Ainda segundo o Instituto, 1/3 desse orçamento é oriundo das exportações. DE acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), os produtos orgânicos em supermercados atingiram vendas de R$ 1,82 bilhão no ano passado, crescimento de 63% em relação a 2011. No mesmo período, a participação desses produtos no faturamento total do canal supermercados passou de 0,5% para 0,75%. Já o segmento de alimentos saudáveis e suplementos deve movimentar R$ 20 bilhões, com crescimento estimado em 40% entre 2012 e 2013.