Café

Melitta promove "Universidade do Café"



16.08.2012 - 01:51

Na manhã do dia 15 de agosto, a Mellita promoveu a “Universidade do Café”, onde convidou jornalistas para um bate-papo sobre café com a nutricionista da Abic (Associação Brasileira da Indústria do Café), Monica Pinto. Abordando a forma de produção do café, desde o plantio até o embalo, e ressaltando sempre o cuidado e a acurácia que um café de qualidade demanda, a especialista explanou também a importância da bebida para o Brasil, que é o maior produtor e o maior exportador de café do mundo. Além disso, a nutricionista relatou que o jeito como se toma café é um aspecto mais cultural que mercadológico, pois o paladar de diferentes “povos” produz maneiras diferentes de se preparar e apreciar o café.

Tendo a diversidade e maleabilidade de paladares como pressupostos, Monica convidou os próprios jornalistas a realizarem uma degustação cega com diferentes tipos de café Melitta, com níveis de qualidade diferentes, e estes não foram capazes de classificar qual café era o de melhor qualidade e qual não o era. Tal resultado comprovou a prerrogativa da especialista, que afirmava que “um café de qualidade é aquele mais te agrada”, ressaltando que o paladar de cada indivíduo, por mais que possa ser culturalmente formado, sofre grande influência de preferências pessoais.

Tal palestra também teve o intuito de promover alguns novos produtos da Melitta, como a linha de café “Regiões Brasileiras”, que traz sabores e aromas característicos das produções cafeeiras do Cerrado, da Mogiana e do Sul de Minas, que dão nome aos três produtos da linha, e o novo layout das embalagens da linha principal de café da Melitta, que traz as versões Tradicional, Forte, Extraforte, Especial, Descafeinado Forte e Descafeinado Clássico