BIOPLÁSTICO

Empresas farão produção comercial



28.06.2019 - 03:56

 

A LyondellBasell, refinaria e produtora de plásticos e produto químicos, e a Neste, produtora de diesel renovável a partir de lixo e resíduos, firmaram acordo para produzir paralelamente polipropileno biológico e polietileno biológico de baixa densidade em escala comercial. O projeto usa hidrocarbonetos renováveis da Neste, derivados de matérias-primas biológicas sustentáveis, como lixo e resíduos de óleos.

O projeto produziu milhares de toneladas de bioplástico, aprovados para a produção de embalagens alimentícias e são comercializadas com os nomes de Circulen e Circulen Plus, a nova família de marcas LyondellBasell de produtos voltados para a economia circular. "A LyondellBasell tem o espírito inovador que já dura décadas, e uma realização como essa demonstra as medidas concretas que procuramos tomar para apoiar a economia circular", declarou Richard Roudeix, vice-presidente da Europa, Ásia e Internacional para a área de olefinas e poliolefinas  da LyondellBasell. "Estamos animados por permitir que o setor de plásticos insira mais materiais biológicos em seu portfólio. É muito gratificante ver os hidrocarbonetos renováveis da Neste terem um desempenho perfeito na produção em escala comercial de polímeros biológicos, uma opção imediata aos materiais fósseis", disse o presidente e CEO da Neste, Peter Vanacker.

A Lyondell-Basell introduziu as matérias-primas renováveis exclusivas da Neste na planta de Wesseling, na Alemanha, que foi diretamente convertida em polietileno biológico de baixa densidade e polipropileno biológico. Uma empresa terceirizada independente testou os produtos de polímeros com o emprego de traçadores de carbono e confirmou que continham mais de 30% de conteúdo renovável.

A LyondellBasell comercializou alguns dos produtos renováveis fabricados, em testes, para diversos clientes, um deles a Cofresco, uma empresa do Grupo Melitta, com marcas como Toppits® e Albal®. A Cofresco planeja usar o polietileno biológico Circulen Plus para criar materiais sustentáveis para embalagens alimentícias.