SUPERMERCADOS

Condor instala usina solar em Joinville



02.08.2018 - 05:02

O grupo paranaense Condor investiu R$ 50 milhões na instalação de uma usina solar em um supermercado de Joinville (SC). Ao todo foram instalados 1.680 módulos solares fotovoltaicos na cobertura da loja, capazes de gerar 780 mil kWh por ano, o suficiente para abastecer 325 residências, além de reduzir a emissão de CO2 em 230 toneladas por ano. Além desta tecnologia, a loja ainda disponibiliza aos clientes um eletroposto com duas vagas para carregamento de veículos elétricos.

“Sou um eterno apaixonado pelo Brasil e temos a expectativa de continuar crescendo e apostando na força interna do mercado brasileiro. Planejamos inaugurar outras lojas neste ano e continuar com o plano de expansão da rede” disse o presidente do Condor, Pedro Joanir Zonta. A nova loja gerou 250 empregos, que junto com a outra unidade na cidade, somam 550 empregos diretos gerados em Joinville.

Os módulos solares fotovoltaicos instalados na cobertura da loja possuem células de silício que captam a irradiação solar. A energia gerada neles é em corrente contínua e para ser usada é transformada em corrente alternada por um inversor. Caso a loja não tivesse a tecnologia, seriam necessárias 1.656 árvores para compensar a emissão de CO2. Com os módulos, fornecidos pela Domínio Solar, a loja vai produzir um terço da energia consumida pelo estabelecimento e o retorno do investimento virá em aproximadamente seis anos, o que é muito rápido comparado à vida útil de 25 anos do equipamento.

O supermercado utiliza, ainda, iluminação 100% em LED, mais econômica e que dura três vezes mais, além de reduzir em 50% o consumo de energia elétrica e o descarte no meio ambiente. Outra solução implantada é o sistema de iluminação dimerizável, que ajusta a intensidade luminosa de acordo com a luz natural. Também foram instalados na cobertura do estabelecimento os Domus Prismáticos que filtram os raios ultravioletas em até 98% e permitem a entrada da luz externa no ambiente.

A Condor irá reduzir ainda mais o consumo de energia com a instalação de portas nos balcões de congelados e refrigerados, projetados pela Eletrofrio, que além de manterem os produtos bem conservados, também reduzem em até 60% a carga térmica. O setor de refrigerados utiliza o Glicol, que, segundo a empresa, reduz em até 90% os gases poluentes. O novo Condor conta também com um sistema de captação da água da chuva para ser utilizada na irrigação de jardins, limpeza de pisos e descarga de sanitários.