FRIGORÍFICOS

Frango com excesso de água é normalizado e venda é liberada



12.08.2010 - 10:46

O Ministério da Agricultura liberou a venda de aves de uma unidade catarinense, da BRF- Brasil Foods; uma unidade paranaense, da Cooperativa AgroIndustrial Consolata (Copacol); e a paulista Rigor Alimentos. As empresas estavam proibidas de comercializar carne de frango “in natura” temporariamente, após análise constatar excesso de água – acima de 6% - nos produtos.

O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura informou em nota que as empresas estão cumprindo padrões de adição de água nas carcaças e cortes. As três companhias estavam em regime especial de fiscalização, que determina análise de todo estoque antes da liberação para o comércio, e negam irregularidades na produção.